Superman: Paz na Terra | A HQ que vale a pena ser lida

Paul Dini e Alex Ross a combinação perfeita! Paz na terra mostra a pequena jornada de Superman para acabar com a fome do planeta, um tema bem forte, e objetivo da década de 90′.

Como de costume nas HQs de Dini, vemos a origem do personagem e como ele cresceu junto de seus pais, motivações e experiências de vida. Porém, em um certo ponto da HQ, Clark se interessa por um assunto que afeta o mundo todo: a fome. Então, como Superman procura as entidades internacionais para tentar solucionar os problemas de uma vez, assim o fez.

Vemos o Superman passando por diversos países mostrando os problemas da época. O que mais me interessou foi o Brasil , sim temos nosso país na HQ, mais especificamente no Rio de Janeiro onde ele diz que há uma desigualdade enorme, e não é mentira, vemos as favelas e crianças nas ruas descalças, tudo muito bem detalhado por Alex Ross. Contudo, nem tudo são flores, Superman acaba sendo visto como um problema, chamado de diversos nomes, começa a criar conflitos sociais e então decide parar de ajudar e como ele diz na HQ:

“Tentei aliviar a fome do mundo, mas encontrei uma pobreza lancinante, não somente nas favelas e terras áridas como também nas almas de homens egoístas. Vejo agora que assumir essa responsabilidade foi ambicioso demais para um homem. Mesmo para um super-homem. O bem-estar da Terra e de todo seu povo será sempre minha maior preocupação. Mas, se houver uma solução para o problema da fome ela deverá vir do coração do homem para seu próximo.

Como diz o velho ditado: Se você dá um peixe a alguém, ele come por um dia. Se você ensina a pescar ele tem alimento para a vida inteira. Esta simples mensagem pede para que o homem evolua com sabedoria, ajude os necessitados e inspire outros a fazer o mesmo. Este é o maior desafio e mais precioso presente da vida. Peço a todos que compartilhem o que tiverem com aqueles que precisam. Seu conhecimento, seu tempo… Sua generosidade e toda a esperança de uma verdadeira paz na terra”

Seja o primeiro a comentar!
Avatar

Breno Madeira

Colecionador de Action Figures, fã de HQs e séries e publicitário em formação.